Artigo

É tempo de reflexão

 

 

 

Mais um fim de ano se aproxima; já estamos no último domingo de dezembro. Para muitos, mais um ano que se finda, para alguns, mais um ano de lutas e, para outros, mais um ano de aprendizado. Existem aqueles que dizem que os dias e horas estão passando mais depressa, mas o dia continua tendo 24h. As decorações de Natal e as guloseimas típicas dessa época sinalizam que o fim do ano está chegando. As pessoas ficam mais agitadas e a correria chega ao frenesi total. As pessoas estão apressadas para as confraternizações, formaturas, festas em família e compras de presentes. O comércio dessa época rouba a atenção das pessoas para o consumismo e não deixa tempo para a reflexão sobre como investimos o nosso tempo doado por Deus durante o ano.

 

A sabedoria bíblica nos orienta que a vida é curta. A brevidade da vida é assustadora e deve nos levar a valorizar cada momento e cada dia. Na Bíblia, a vida é comparada à neblina (Tiago 4.14), como um breve pensamento (Salmo 90.9). Essa correria contemporânea, na qual estamos inseridos, está roubando de nós o tempo precioso que precisamos dedicar às coisas importantes, de fato. Estamos imersos em uma sociedade em que tudo é urgente, mas nem sempre as coisas importantes são relevantes. Alguns dizem que o tempo está passando mais rápido, mas, na realidade, somos nós que, por meio da tecnologia, enchemos nossa agenda com inúmeras tarefas. O fato é que já estamos no final de um ano, e novamente parece que o ano correu.

 

Precisamos fazer uma reflexão desses últimos 365 dias. Precisamos de uma séria retrospectiva para analisar aonde desperdiçamos o nosso tempo e como precisamos investir mais nas coisas prioritárias. Precisamos de mais tempo para Deus, para os nossos familiares, para o engajamento na nossa Igreja local, para os relacionamentos com os nossos familiares e amigos. 

 

Precisamos dedicar mais tempo para a leitura bíblica, ao estudo sistemático das Sagradas Escrituras. Precisamos dedicar mais tempo em oração e devoção da nossa alma. Precisamos dedicar mais tempo para lazer com a família, para boas refeições, para ficar ao redor da mesa sem pressa. Tempo de bate papo com amigos, tempo de qualidade com pessoas queridas. Tempo para abraçar, para visitar alguém, para acolher amigos em casa. Tempo para ajudar alguém, para servir. Reflita!

 


Pr. Jeferson Cristianini

Colaborador de OJB